gravides e os olhos

Durante a gestação tudo muda. E o olho também pode sofrer alterações. Algumas doenças preexistentes podem ser pioradas e algumas questões novas podem aparecer. Quais são elas?

1. Retinopatia diabética – A gravidez é um fator de risco para progressão e gravidade da retinopatia em pacientes já diabéticas;

2. Doença de Graves – Geralmente agrava no primeiro trimestre ou logo após o parto. Melhora no segundo e terceiro trimestres;

3. Glaucoma – A pressão intraocular diminui durante a gravidez. Na maioria dos casos o glaucoma já existente não tem uma grande tendência a evolução;

4. Pseudotumor cerebral – Tem maior chance de ocorrer no primeiro trimestre da gestação, com quadro de cefaleia;

5. Toxoplasmose – Poucos casos de reativação de toxoplasmose ocular são vistos durante a gravidez;

6. Ceratocone – As alterações hormonais durante a gestação podem facilitar a distorção da córnea. A gravidez é considerada um fator de risco para progressão do Ceratocone;

7. Síndrome do olho seco – Muitas mulheres tem mais queixas de olho seco durante a gestação, associada as alterações hormonais desse período;

8. Alterações de grau – não recomendamos fazer novos óculos de rotina durante a gestação já que as flutuações de grau são comuns.

Tem mais alguma gestante por aqui? Percebeu alguma alteração nos seus olhos?

Como a gravidez pode afetar os olhos?
Tags:
Juliana Rosa

Juliana Rosa

Oftalmologista especialista em adaptação de Lentes de Contato especiais para Miopia, Ceratocone e Ortoceratologia. Oftalmologista, focada em atendimento especializado e humanizado, com experiência no diagnóstico e tratamento das principais doenças oculares.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.