retinoblastoma

A divulgação do caso de retinoblastoma da filha do apresentador Tiago Leifert levantou um alerta para pais e mães essa semana.

Acredito que a intenção da família foi justamente informar a população para que todos tenham a oportunidade de diagnóstico adequado e precoce! Então trouxe um resumo bastante atualizado pra vocês:

– Toda criança deve ter a primeira avaliação oftalmológica ainda na maternidade, através do teste do reflexo vermelho (teste do olhinho) realizado pelo Pediatra;
– Além disso, em documento recente da SBOP, o teste deve ser repetido 3 vezes ao longo do primeiro ano de vida;
– Todos os bebês devem ter uma avaliação oftalmológica completa entre 6 e 12 meses de idade. Mesmo sem alterações aparentes;
– Depois disso, a criança deve ter nova avaliação entre 3 e 5 anos de vida.

Caso tenha alguma doença, o especialista vai indicar o intervalo necessário para novo exame.

O retinoblastoma é o mais grave, mas outras alterações podem ser encontradas na avaliação de crianças com menos de 5 anos. Catarata congênita, glaucoma congênito, estrabismo e as anisometropias (diferenças de grau entre os olhos) também precisam ser tratadas o mais breve possível para evitar que o desenvolvimento neurológico da visão (e consequentemente o desenvolvimento da criança como um todo) seja prejudicado.

E aí, a avaliação ocular do seu filho está em dia?

Quando levar a criança ao Oftalmologista?
Juliana Rosa

Juliana Rosa

Oftalmologista especialista em adaptação de Lentes de Contato especiais para Miopia, Ceratocone e Ortoceratologia. Oftalmologista, focada em atendimento especializado e humanizado, com experiência no diagnóstico e tratamento das principais doenças oculares.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.